Brick Stone harmoniza e dá charme a ampla residência em Minas Gerais

O ‘tijolinho’ da Nina Martinelli está presente em quase todos os 17 ambientes da casa, que tem charme rústico, mas com muita leveza e sofisticação.

Com estilo de vida calmo e horários flexíveis, um casal com uma filha pequena e outra a caminho, sonhou em construir uma casa que assegurasse bons momentos de relaxamento e contemplação, para apreciarem lindas vistas, proporcionadas por um maravilhoso terreno de 2 mil m², num agradável condomínio na zona rural de Matias Barbosa, pertinho de Juiz de Fora/MG.
A missão de traduzir esse sonho e realizá-lo coube à arquiteta Rachael Leal, do escritório carioca Rachael Leal Arquitetura, que apostou num estilo rústico e ao mesmo tempo moderno, para criar os ambientes de uma ampla casa, com 655,56 m² de área úitl e 722,98m² de área construída.

“São 17 ambientes: sala de TV, estar, jantar e cozinha em conceito aberto, lavabo, lavanderia, quatro suítes, escritório, mini escritório, área de lazer, área gourmet, banho gourmet, depósito e banho de serviço”, descreve ela, que explica os principais desejos apresentados pelos clientes. “Além de combinar com o estilo de vida deles, desejavam que a casa combinasse com o estilo ao redor, tendo como ponto principal a vista propiciada a partir do terreno. Meu conceito para esse projeto foi criar um estilo rústico, mas também moderno, de forma que um complementasse o outro. O estilo rústico tem como inspiração materiais naturais, como a madeira, pedra, tons terrosos e pastéis, acabamentos ásperos e tijolos aparentes. Já pra dar um aspecto moderno, optei por materiais leves como o vidro, alumínio e elementos decorativos contemporâneos. Esses dois estilos, se combinados de maneira harmoniosa, deixam o espaço aconchegante e leve, com um toque de sofisticação”, avalia Rachael.

Privacidade e contemplação

A arquiteta conta, também, que tendo a vista como um dos pontos de partida, a residência foi projetada com todas as suas aberturas principais voltadas para a sua direção, o que além de priorizar a privacidade da família, a integra diretamente com o projeto, pois independentemente do local que se está na casa, se pode contemplar o visual externo privilegiado, com muita natureza.
Para isso Rachael criou um pé direito duplo, entre o primeiro pavimento e a circulação dos quartos. “Esse pé direito trouxe nobreza, charme e sofisticação ao ambiente. Além de ser uma ótima forma de promover sensações de amplitude e liberdade”, diz a profissional. “Além de nos permitir aproveitar melhor a iluminação natural”, acrescenta ela, que optou por uma janela em esquadria fixa criada acima do pé direito duplo, funcionando como uma grande moldura para a paisagem externa.



Diálogo perfeito entre os elementos

Para garantir sofisticação mesmo aos aspectos rústicos do projeto, Rachael escolheu o Brick Stone, da Nina Martinelli, para revestir grandes extensões de paredes, no primeiro pavimento, pé direito duplo e escada, de forma geral.
Adquirido na Mundial Acabamentos Conceito, em Juiz de Fora, o produto acabou sendo utilizado em vários ambientes do amplo projeto.
Na suíte master, suíte da filha e suíte do bebê, o Brick Stone foi utilizado nas paredes de maior destaque, onde junto com outros elementos decorativos fica em maior evidência, segundo a arquiteta.
E no escritório, o Brick Stone está na parede que dá continuidade à parede da escada, proporcionando unidade visual ao conjunto.
A utilização do tijolo aparente foi um dos pontos de destaque do projeto, sendo essa uma das principais características do estilo rústico. A aplicação do revestimento Brick Stone da Nina Martinelli em sua tonalidade de tons pastéis, praticamente em todos os ambientes do interior da casa, conforme Rachael, “dialoga perfeitamente com a utilização da madeira, revestimentos claros e com um misto de decorações contemporâneas e rústicas, deixando a residência sofisticada, acolhedora e com um ar de leveza”.
No total, a obra consumiu aproximadamente 125m² do produto, assentado com paginação intercalada e junta seca. E o resultado, conforme a profissional, agradou em cheio. “A escolha da utilização dos bricks na maioria dos cômodos da residência foi um dos pontos essenciais para concretização do estilo arquitetônico, e o ponto de partida para todos os elementos complementares e decorativos. O Brick Stone da Nina Martinelli trouxe leveza e sutileza estéticas, sem que perca sua importância e destaque no projeto”, opina.

Tijolinhos, desde sempre

Rachael conta que os clientes demonstravam querer muito que o ‘tijolinho’ estivesse muito presente na sua nova casa. “Já nas primeiras reuniões para definição do projeto, onde começamos a discutir o estilo da residência, uma das solicitações dos clientes, foi a utilização do tijolinho aparente. Eles não sabiam ao certo como queriam, cor, tamanho, qual cômodo, etc. Apenas que queriam utilizar o tijolinho no projeto. A primeira sugestão dada foi o Brick Stone da Nina Martinelli, que se encaixava perfeitamente no que eles desejavam e na proposta. Eles confiaram no meu trabalho e aceitaram a sugestão. Quando o projeto foi finalizado os clientes relataram ter superado suas expectativas. Muitas pessoas que visitam a residência se encantam e perguntam a respeito do Brick, não somente pela estética, pela qualidade do produto também”, relata ela. “Durante toda a obra, foram várias as fotos recebidas dos clientes, demonstrando sua satisfação e esse retorno é sempre muito bem-vindo”, comemora.

Iluminação, outro ponto alto

Rachael faz questão de contar, também, o cuidado que teve com o projeto luminotécnico para essa obra de grande proporção. “Um bom projeto com a iluminação correta valoriza a arquitetura, a decoração, e ainda transmite as sensações corretas em cada ambiente da casa, como conforto e clareza”.
A profissional enfatiza que a iluminação é, sem dúvida, um dos principais elementos dentro da arquitetura, porque a luz, seja ela natural ou artificial, torna qualquer ambiente vivo. A luminotécnica faz parte da arquitetura e tem o poder de transformar um ambiente conforme a sua utilização, criando cenas e efeitos distintos. “Diante disso, com o Brick não poderia ser diferente. Em cada ambiente foi pensado um projeto luminotécnico, para que o revestimento fosse evidenciado, criando diferentes efeitos e formas, destacando ainda mais sua beleza natural”, conclui.
O Brick Stone faz parte da ampla Colezione Brick, com mais de 60 modelos diferentes. As peças, que medem 6,1X23cm, são feitas uma a uma, com modo de produção sustentável. A composição leva material reciclado, o que dá ao Brick um toque diferenciado e único.


 

 


Residência Matias Barbosa/MG
Projeto- Rachael Leal Arquitetura e Interiores: @rachaelleal
Fotos: Raquel Campanate – @raquelcampanatephoto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *